Tasso segue como candidato a presidente do PSDB, mesmo depois de reunião adiada

1 Min. de Leitura
FUK_5875.JPG BRASILIA DF 23/05/2017 POLITICA REFORMA TRABALHISTA Presidente Nacional do PSDB, Senador Tasso Jereissati durante pronunciamento na tribuna do Senado em Brasilia, apos confusão na Comissão de Assuntos Economicos. Foto: NILTON FUKUDA/ESTADÃO

Os aliados de Tasso Jereissati(PSDB), depois de domingo, ganharam força, por ocasião da publicação de artigo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso que defende a saída da agremiação da base de apoio do presidente Michel Temer. O senador cearense defende que o partido deveria fazer um “mea culpa”  e desembarcar do governo.

Mesmo sem acordo, a reunião do PSDB que serviria para formalizar a candidatura do senador Tasso Jereissati (CE) à presidência do PSDB, marcada para esta terça-feira, 7, foi cancelada.

O líder do PSDB na Câmara, Ricardo Tripoli afirma que Tasso  já é candidato” e precisa começar a campanha.

A reunião mudou depois que o governador Marconi Perillo (GO) exigiu a presença de todos os integrantes da bancada no encontro. Perillo defende que o senador dispute o Governo do Ceará para o PSDB ter um palanque forte no Estado. Aiados de Tasso Jereissati alegam que ele  já descartou essa possibilidade e vai manter sua candidatura.

 

Compartilhar Notícia