Pacajus: Divisão de Homicídios e Polícia Militar continuam as buscas para elucidar homicídio em carreata

1 Min. de Leitura

As diligências continuam no município de Pacajus com o reforço da  Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e a Polícia Militar tentando localizar e prender o criminoso responsável pela morte de Charlione Lessa de Albuquerque, 23 anos. O jovem participava de uma  carreata do candidato à presidência Fernando Haddad (PT), no Centro de Pacajus, quando foi abordado por um homem em um carro Gol de cor branca, que saiu do veículo e efetuou disparos contra a vítima. 

Charlione não possuía antecedentes criminais, de acordo com as informações da SSPDS.  Familiares da vítima informaram que ele trabalhava como servente em Fortaleza.

As investigações seguem em andamento para descobrir a motivação do crime. A população pode ajudar repassando informações que possam ajudar na elucidação do caso.

Denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o (85) 3257-4807, do DHPP, ou ainda para o número (85) 99111-7498, que é o WhatsApp do Departamento, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo é garantido. 

(Foto: Reprodução/RG)

Compartilhar Notícia