/Maia: governo “nunca tratou” do projeto anticrime

Maia: governo “nunca tratou” do projeto anticrime

Depois de dizer que ficou “perplexo”  pela forma como ocorreu o processo de saída de Joaquim Levy do BNDES e que o ex-ministro era um quadro de qualidade que tinha a acrescentar para garantir as reformas, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), disse que o governo “nunca tratou” do projeto anticrime do ministro Sérgio Moro na Câmara. “É muito fácil colocar o projeto em tramitação e atribuir à demora ao parlamento quando o único que tratou desse assunto foi o ministro”, disse o presidente da Câmara na manhã desta segunda-feira (17/06).

Para Maia, se o projeto fosse prioritário, de fato, ele teria sido encaminhado com urgência constitucional pelo governo, que não foi feito. Agora, segundo ele, será muito difícil que a proposta seja votada em alguma instância da Câmara ainda neste semestre, pois isso atrapalharia as chances de a reforma da Previdência ser votada ainda antes do recesso

Comente com Facebook