/Governadores do Nordeste articulam retomar contrato com organização do Mais Médicos

Governadores do Nordeste articulam retomar contrato com organização do Mais Médicos

Os governadores do Nordeste já estão nas etapas formais para a criação do Consórcio do Nordeste, figura jurídica que une os governos da região, para iniciar os debates sobre os primeiros planos de ação envolvendo o consórcio.  Uma das frentes de estudo é firmar contrato com a Opas, a organização pan-americana responsável pela exportação de profissionais de saúde, para reinstalar atendimento similar ao do programa Mais Médicos. Segundo Flávio Dino (PCdoB), governador do Maranhão, já foi feita consulta à entidade.

A ideia é retomar um contrato regional com a organização. A Opas rescindiu o acordo com o Brasil e anunciou a retirada de médicos do programa, a maioria cubanos, logo após a vitória de Jair Bolsonaro.  Com a saída dos cubanos estima-se que 28 milhões ficaram sem atendimento e o governo federal está encontrando dificuldades para repor esse atendimento. O Ceará é o segundo estado com o maior número em postos ociosos.

Comente com Facebook