/FHC critica pedidos de expulsão de Aécio

FHC critica pedidos de expulsão de Aécio

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso  reagiu nesta quinta-feira (11/07), à pressão feita por lideranças do PSDB ligadas ao governador de São Paulo, João Doria, pela expulsão do partido do deputado Aécio após a abertura de ação penal contra ele na justiça Federal em São Paulo, no início do mês. Em mensagem publicada no Twitter, FHC disse que o PSDB tem estatuto e código de ética a serem seguidos, e afirmou que “jogar filiados às feras”, sem aguardar uma decisão judicial, é “oportunismo sem grandeza”. 

“O PSDB tem um estatuto e uma comissão de ética. Há que respeitá-los. Jogar filiados às feras, principalmente quem dele foi presidente, sem esperar decisão da Justiça, é oportunismo sem grandeza. Não redime erros cometidos nem devolve confiança”, escreveu o ex-presidente. A manifestação de FHC ocorre um dia após o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, engrossar o coro pela expulsão de Aécio. A jornalistas, Covas chegou a afirmar, anteontem, que era “ou ele ou eu” no partido.

Aécio foi denunciado em 2017 pela Procuradoria-Geral da República sob acusação de receber propina de R$ 2 milhões, do grupo J&F, e de tentativa de obstrução da investigação da Lava Jato. E virou réu por decisão do Supremo Tribunal Federal em abril de 2018./ AE

Comente com Facebook