/Bolsonaro foi mais enfatico na defesa de Neymar do que de Sérgio Moro

Bolsonaro foi mais enfatico na defesa de Neymar do que de Sérgio Moro

Quando surgiram as primeiras declarações de um suposto estupro do craque Neymar da seleção brasileira, o presidente Jair Bolsonaro saiu na defesa do atacante, foi ao estádio para dar apoio moral e como se não bastasse, após Neymar se machucar, o presidente ainda foi ao hospital bater foto ao lado do jogador da seleção brasileira.

Quando surgiram os primeiros movimentos sísmicos do mundo político após a revelação das conversas atribuídas a Sergio Moro, Deltan Dallagnol e outros lava-jatistas que sugerem envolvimento do ex-juiz e atual ministro da Justiça,Sergio Moro, em atitudes que levantam suspeitas sobre a parcialidade do julgador, o fato que mais chama a atenção é o silencio do presidente Jair Bolsonaro sobre o caso. Logo ele, que mete o dedo em tudo e não deixa passar nada sem comentar em suas redes sociais.

Moro até aqui só pôde contar com manifestações de militares com assento no governo,  do vice Hamilton Mourão e de Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional). Fora disso, o que mais se ouviu foram sussurros incomodados.

A revolta petista contra Sérgio Moro, o medo da classe política que ainda não foi enrolada pela Lava Jato e o medo do Planalto em achar que Moro quer a cadeira de presidente em 2022, tem deixado o ex-juiz cada vez mais isolado.

(Ceará Notícias, Reginaldo Silva)

 

Comente com Facebook