Polícia Civil restitui relógio de luxo avaliado em mais de 100 mil reais em aeroporto de Fortaleza

3 Min. de Leitura

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) realizou a restituição de um relógio de luxo de uma marca francesa, avaliado em cerca de 100 mil reais, que foi perdido em um aeroporto. A ação ocorreu na última sexta-feira (5/7), na Delegacia do Aeroporto de Fortaleza, situada no bairro Serrinha – Área Integrada de Segurança 5 (AIS 5) da Capital.

A vítima, que mora nos Estados Unidos da América (EUA), estava em Fortaleza embarcando com destino à São Paulo, na madrugada do dia 1º de julho, quando durante o processo de embarque, retirou o relógio do pulso e esqueceu a joia ao passar pelo raio-x. O relógio em questão seria avaliado em mais de 100 mil reais. A vítima registrou o extravio do bem por meio de um Boletim Eletrônico de Ocorrência (BEO), na Delegacia Eletrônica (Deletron) e solicitou a busca das imagens de segurança para identificar o paradeiro do relógio.

Diante disso, equipes da Delegacia do Aeroporto diligenciaram até identificar a pessoa que havia se apropriado da jóia. Ela estava na cidade de João Pessoa, no estado da Paraíba (PB). O relógio foi devolvido dentro do prazo legal, sem responder criminalmente e, na última sexta-feira (5), a joia chegou ao Ceará e foi restituída para a vítima.

A Polícia Civil ressalta que objetos encontrados no aeroporto ou demais locais devem ser entregues às autoridades policiais, pois a conduta se apropriar de bem perdido ou esquecido pelo dono, sem devolvê-lo ou entregar às autoridades é crime previsto no artigo 169 do Código Penal Brasileiro.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As informações também podem ser encaminhadas para o telefone (85) 3101-7585 da Delegacia do Aeroporto. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Compartilhar Notícia