PMDB e PSDB projetam aliança em três Estados

1 Min. de Leitura
DNT 02-12-2017 LIMEIRA - SP / POLITICA OE / PRESIDENTE MICHEL TEMER E GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN - Presidente da Republica Michel Temer e governador do Estado de Sao Paulo, Geraldo Alckmin, participam de cerimonia de entrega de 900 unidades habitacionais no Condominio Residencial Rubi III a V do Programa Minha Casa Minha Vida na cidade de Limeira, interior de Sao Paulo. A expectativa e que ate o proximo dia 9, quando Geraldo Alckmin deve ser aclamado presidente nacional do PSDB, o partido deixe o governo - FOTO DANIEL TEIXEIRA/ESTADAO

A defesa de um “projeto único de poder” por meio de uma candidatura de centro-direita que inclua PMDB e PSDB na eleição presidencial de 2018 não tem suporte até o momento nos Estados. Nas alianças regionais, predominam os interesses locais. O PMDB deverá ter candidatura própria ao governo em pelo menos 12 Estados e somente em três unidades da Federação tucanos e peemedebistas estão próximos de se coligarem na disputa majoritária.

O partido do presidente Michel Temer deve ser protagonista de sua própria chapa em Alagoas, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Até agora, apenas no Tocantins, Acre e Bahia peemedebistas e tucanos caminham para um acordo na disputa estadual. Em outros Estados, a situação permanece indefinida. As costuras são muitas, mas os acordos ainda estão longe de serem confirmados.

(Com informações Estadão)

Compartilhar Notícia