PCCE captura cinco suspeitos por homicídios na RMF

3 Min. de Leitura

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) capturou cinco homens, com idade entre 20 e 29 anos, todos integrantes de um grupo criminoso com atuação em Maranguape – Área Integrada de Segurança 24 (AIS 24) do Ceará. A operação denominada de “Víbora” foi deflagrada na manhã desta segunda-feira (26/2) e resultou em cinco capturas, apreensão de diversas munições e duas pistolas. Os suspeitos, que possuíam mandados de prisão preventiva, foram localizados e presos na cidade de Maranguape.

Durante a ofensiva, um adolescente foi apreendido suspeito de um ato infracional análogo ao crime de posse irregular de arma de fogo. A operação segue em andamento na RMF.

Segundo informações policiais, a ação realizada pelas Delegacias Metropolitanas de Maranguape e Maracanaú e pelo Núcleo Operacional do Departamento de Polícia Judiciária Metropolitana (DPJM), os suspeitos com idades entre 20 a 29 anos, todos com antecedentes criminais, integravam um coletivo criminoso com atuação no município de Maranguape e são apontados por serem responsáveis por crimes de homicídio registrados no início deste mês na região. Detalhes dos trabalhos policiais foram divulgados, nesta segunda-feira (26), 11h30, em coletiva de imprensa, na sede da PCCE, no Cisp, em Fortaleza.

Durante a ofensiva, os policiais civis capturam um dos alvos em posse de uma pistola e entorpecentes. Ainda durante as ações, um adolescente, de 15 anos, foi apreendido em posse de uma pistola. As pistolas de calibres 380 e 9 mm, além de drogas. 

Após as capturas, os suspeitos foram conduzidos para a Delegacia Metropolitana de Maranguape, onde as ordens judiciais foram cumpridas. Além disso, um homem foi autuado, também, por crimes de posse irregular de arma de fogo e por tráfico de drogas. O adolescente foi conduzido para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), onde em desfavor dele foi lavrado um ato infracional análogo ao crime de posse irregular de arma de fogo. A PCCE segue com as investigações com o objetivo de identificar, localizar e prender outros indivíduos envolvidos em ações criminosas na área. 

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85)3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As informações também podem ser encaminhadas para os números (85)3101-2808, número da Delegacia Metropolitana de Maranguape. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Compartilhar Notícia