/Estados e municípios podem receber mais recursos com o megaleilão do pré-sal

Estados e municípios podem receber mais recursos com o megaleilão do pré-sal

O resultado da licitação de áreas de exploração de petróleo, realizado nesta quinta-feira (10/10) no Rio de Janeiro, gerou a expectativa de que estados e municípios terão um reforço de caixa maior do que os R$ 21,8 bilhões previstos com o megaleilão do pré-sal, marcado para novembro. No leilão desta quinta-feira (10/10), a Agência Nacional do Petróleo (ANP) arrecadou R$ 8,9 bilhões com a concessão de 12 campos de petróleo e gás natural localizados nas bacias de Campos e de Santos.

O valor ficou muito acima dos R$ 3,2 bilhões esperados pelo governo, levando  analistas a acreditar que a receita com a venda das áreas da chamada cessão onerosa, no próximo mês, também pode superar a previsão de R$ 106 bilhões.

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, destacou que o sucesso do leilão desta quinta-feira (10/10) demonstra que a política definida pelo governo para o setor está no rumo certo. “Ele abriu novas perspectivas para os leilões que ainda ocorrerão, o da cessão onerosa e o da 6ª rodada do regime de partilha”, enfatizou.

O diretor do Centro Brasileiro de Infra Estrutura (Cbie), Adriano Pires, é um dos que apostam no sucesso das próximas licitações. “Espera-se uma arrecadação superior a R$ 110 bilhões. Esse já foi um leilão forte, e imagino que os próximos também serão. Alguns lotes não foram arrematados por questões ambientais, estavam sub judice, e empresas ficaram com receio de comprar e não ter a licença ambiental do Ibama depois”, avaliou.

Comente com Facebook