/Casos assintomáticos como do prefeito Roberto Cláudio aumentam a disseminação do coronavírus

Casos assintomáticos como do prefeito Roberto Cláudio aumentam a disseminação do coronavírus

Em live neste sábado (21/03) o prefeito Roberto Cláudio esclareceu que seu diagnóstico foi positivo para o novo coronavírus diante de um quadro assintomático. Ele segue em isolamento domiciliar e trabalhando em sua residência. Roberto Cláudio diz que está bem, sem sintomas e bem disposto, o que não aparenta nenhum quadro de agravamento do Covid-19.

De acordo com estudo publicado na revista Science, pessoas assintomáticas com Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus (SARS-CoVS), a exemplo do caso do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, são responsáveis por dois terços das infecções. Essas transmissões enfatizam a importância de medidas de distanciamento social que estão sendo adotadas em comunidades americanas e europeias.

O prefeito Roberto Cláudio, mesmo sem sentir nenhum sintoma, fez o exame, atestou positivo e segue uma agenda de isolamento para não proliferar o vírus. A atitude evita que outras pessoas possam ser contaminadas e venham a sofrer com os sintomas mais fortes e o consequente agravamento do quadro infeccioso da doença.

O estudo mostra que, apesar dos pacientes que desenvolvem a doença serem duas vezes mais contagiosos, os assintomáticos chegam a ser seis vezes mais numerosos mesmo com propensão menor a infectar outros, tornando-se o motor dessa epidemia.

“A maioria dessas infecções é leve, com poucos sintomas, mas, se transmitidas, podem matar idosos ou os mais vulneráveis. As pessoas podem não reconhecer ou achar que estão resfriados”, explica o expecialista Jeffrey Shaman.

Comente com Facebook