Suspeito de envolvimento na chacina de Itarema foi capturado pelas Forças de Segurança do Ceará

3 Min. de Leitura

Diligências ininterruptas realizadas pelas Forças de Segurança do Ceará resultaram, nessa terça-feira (31/10), na captura de um homem apontado como partícipe nos crimes de mortes de quatro pessoas, em Itarema, Área Integrada de Segurança 17 (AIS 17) do Estado. Davi Sousa de Oliveira, de 23 anos, conhecido como “Fazendeiro”, foi capturado no bairro Barroso (AIS 3) em Fortaleza.

De acordo com os levantamentos policiais, o capturado já possui antecedentes pelos crimes de integrar organização criminosa e tráfico de drogas. Após um trabalho investigativo logo após o fato, registrado na madrugada dessa segunda-feira (30), as equipes identificaram o endereço onde o suspeito estava. Ele foi localizado e preso no bairro Barroso, na Capital.

Na ação, um outro homem, identificado como Jeremias Teixeira de Sousa, de 27 anos, com passagens por estupro de vulnerável e furto qualificado, também foi preso. Com eles, 35 gramas de maconha prontas para serem comercializadas e outros materiais ilícitos foram apreendidos.

Diante disso, a dupla foi conduzido para a sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Na unidade policial, Davi foi autuado pelos homicídios, integrar organização criminosa e tráfico de drogas. Já Jeremia foi autuado por tráfico de drogas. Eles foram colocados à disposição da Justiça.

Na manhã da segunda-feira (30), um homem de 23 anos, também suspeito de participação nos homicídios em Itarema, morreu em confronto com equipes da Polícia Militar. As diligências seguem com objetivo de identificar e capturar outros participes do crime.

Trabalho conjunto

Após o registro do crime, equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE) e da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) foram enviadas para reforçar a região. Os trabalhos integrados foram realizados pela Coordenadoria de Inteligência (Coin) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS); Departamento de Inteligência Policial (DIP), Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), e Departamento de Polícia Judiciária do Interior Norte (DPJI NORTE) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE); Assessoria de Inteligência (Asint), 11º Batalhão da Polícia Militar (11º BPM) e Batalhão Especializado Em Policiamento do Interior (BEPI) da Polícia Militar do Ceará (PMCE).

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As informações também podem ser encaminhadas para o telefone (85) 3257-4807, do DHPP, que também é o WhatsApp do Departamento. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Compartilhar Notícia