Quem era o pecuarista que morreu engasgado com carne em casamento

2 Min. de Leitura

Ricardo Lago Zaher morreu nesse sábado (2/2) após se engasgar com um pedaço de carne durante uma festa de casamento em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul. O homem tinha 30 anos, cursou administração na Uniderp, uma universidade privada da cidade, e era proprietário de uma fazenda em Aquidauana, local que visitava todo mês, de acordo com relatos de um funcionário ao jornal A Princesinha News.

Ele era casado há pouco mais de um ano com a arquiteta e urbanista Adriana Puorro. No último registro do casal compartilhado por ela em um perfil público, os dois fizeram uma viagem ao Pantanal para pescar.

Kamila Zaher, irmã do pecuarista, compartilhou informações sobre o velório e elogiou o irmão em um story no Instagram. “Sei o quanto meu irmão foi alguém incrível e que marcou a vida de inúmeras pessoas (…) Ainda sem acreditar, mas meu melhor amigo não está mais aqui — te amarei até o fim, cuida de mim aí do céu, meu anjinho”, escreveu.

Ricardo estava em uma festa de casamento em um bufê localizado no Parque das Nações Indígenas quando engasgou com um pedaço de carne. Segundo o boletim de ocorrência, o Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer um homem que estava passando mal. Ele chegou a ser atendido e foi reanimado por mais de 1 hora, mas não resistiu./Metrópoles

(Foto: Facebook/Reprodução)

Compartilhar Notícia