PT busca “consenso progressivo” em Fortaleza e não descarta novos nomes

2 Min. de Leitura

O presidente do PT Fortaleza, Guilherme Sampaio, diz que o Partido dos Trabalhadores na capital cearense esta´buscando um “consenso progressivo” para definir a candidatura à prefeitua de Fortaleza. O partido já tem nomes que estão postos na corrida eleitoral, mas, não descarta a possibilidade de novos nomes no cenário.

De acordo com Guilherme Sampaio, a executiva da legenda defende como prioridade do partido como elemento central, buscando um “consenso progressivo”, objetivando o máximo de unidade da sigla e da federação, bem como a defesa dos governos petistas e o fortalecmento da chapa proporcional na capital.

Atualmente, o PT tem três pré-candidaturas postas: a da deputada federal e ex-prefeita de Fortaleza Luizianne Lins, do próprio Guilherme Sampaio e da também deputada estadual Larissa Gaspar, além do assessor de assuntos municipais do Governo do Ceará, Arthur Bruno. Guilherme diz que Evandro Leitão, agora com a carta de anuência na mão, se vier para o partido será bem vindo, porém, essa decisão cabe única e exclusivamente a ele.

O presidente do PT Fortaleza também defende que o tempo de escolha do nome é diferente do tempo de escola de nomes de outros municípios do país, cada um com suas particularidades. O candidato será escolhido no tempo justo; depois de ouvir Camilo Santana, Elamno de Freitas, deputados federais, deputados estaduais, vereadores, lideranças políticas do partido e aliados.

“Nós consideramos que Fortaleza tem uma especificidade (…) nós não podemos tratar o calendário de definições eleitorais do PT do mesmo jeito que nós vamos tratar o calendário de definições eleitorais dos outros 5.500 municípios do Brasil, que tem características absolutamente distintas”, argumenta Guilherme Sampaio.

O partido vai realizar Um novo encontro na próxima terça-feira (7), com horário e local ainda a ser definido.

Compartilhar Notícia