Pressão popular: graças a treta de Neymar e Luana Piovani nas redes sociais sobre a “PEC das Praias”, texto foi alterado

1 Min. de Leitura

Não se pode negar a contribuição dada por Neymar e Luana Piovani sobre a “PEC das Praias”. A treta entre os dois nas redes sociais foi fundamental para chamar a atenção de um dos maiores absurdos que seria implantado na legislação brasileira, deixando a população excluída de um dos únicos espaços que ainda podem ser considerados como democráticos nesse país.

Após a polêmica discussão sobre se praias poderão ser “privatizadas”, o senador Flávio Bolsonaro mudou o texto da proposta a qual é relator.

“As praias são bens públicos de uso comum, sendo assegurado o livre acesso a elas e ao mar, ressalvadas as áreas consideradas de interesse de segurança definidas em legislação específica”.

Flávio Bolsonaro incluiu, ainda, um parágrafo único:

“Não será permitida a utilização do solo que impeça ou dificulte o acesso da população às praias”.

Assim, coloca uma pedra em cima da tese de que a referida PEC poderia privatizar as áreas ou restringir o seu acesso. A polêmica ganhou as redes sociais nos últimos dias e gerou protestos de segmentos da sociedade.

Foto: Luana Piovani e Neymar — Foto: Reprodução/Instagram

Compartilhar Notícia