Presidente do PDT no Ceará, André Figueiredo diz que definição de candidatura deve sair até o fim de junho

3 Min. de Leitura

Por Reginaldo Silva- Professor Radialista e Jornalista

O presidente estadual do PDT no Ceará, deputado federal André Figueiredo, em entrevista a uma emissora de rádio de Crateús, assegurou que o nome do partido para disputar o Palácio da Abolição deve sair até o fim de junho, antes das convenções partidárias.

Ele voltou a citar os quatro nomes que estão na disputa, o presidente da Assembleia Legislativa, Evandro Leitão, o deputado federal Mauro Filho, O ex-prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio e a atual governadora Izolda Cela.

É publico e notório que existe um estremecimento do partido com as siglas aliadas no processo de escolha do nome da legenda, uns querem o nome de Izolda Cela, principalmente pelo fato de que ela já iria para a reeleição e o caminho ficaria aberto daqui a quatro anos, caso a chapa saísse vencedora. Além do bom diálogo e da boa relação que cultivou ao lado de Camilo Santana (PT) ao longo desses quase oito anos na condução do governo do Estado.

Ciro Gomes (PDT) que hoje é o maior cacique do partido em nível nacional, não esconde sua preferência por Roberto Cláudio, que não resta dúvida ser um nome dos mais preparados, mas vai ter que se desdobrar para dar explicações sobre sua gestão no período da pandemia a frente da prefeitura de Fortaleza. No município de Santa Quitéria ele foi confrontado sobre a questão dos respiradores e preferiu não falar sobre o assunto, ignorando o repórter que fez o questionamento. Ele pode até se esquivar agora, mas vai perder muito tempo na campanha explicando essa questão, mesmo que esteja coberto de razão, não vai poder fugir do tema.

O problema na demora da escolha do nome do PDT é o velho adágio popular, “a luz que sai na frente é a luz que alumia” e Capitão Wagner (UB) já é pré-candidato há dois anos, desde que perdeu a eleição para prefeito de Fortaleza e continuou em plena campanha pelo interior do Estado, já que tem boa taxa de conhecimento e aceitação na Capital e Região Metropolitana de Fortaleza. Seja quem for o candidato do PDT, vai ter que se desdobrar para tentar recuperar o tempo que perderam na  largada.

Confira um trecho da fala de André Figueiredo na entrevista ao radialista Douglas Lima:

https://www.facebook.com/reporterdouglaslima/videos/550447693139959

Compartilhar Notícia