/Prefeito afastado de Uruburetama deve se apresentar ainda nesta sexta-feira

Prefeito afastado de Uruburetama deve se apresentar ainda nesta sexta-feira

O Ministério Público do Estado do Ceará pediu o afastamento das funções de prefeito e de médico de José Hilson de Paiva por considerá-lo influente no município e, no meio político estadual, sendo capaz de prejudicar o andamento das investigações; coagindo, constrangendo e ameaçando as vítimas em Uruburetama. 

O juiz José Cléber Moura do Nascimento, titular da Comarca de Uruburetama, acatou o pedido de prisão impetrado pelo Ministério Publico do Ceará (MPCE) contra o prefeito afastado. Além da prisão preventiva, a Polícia Civil deve cumprir dois mandados de busca e apreensão contra dois imóveis do político, um em Fortaleza e outro em Uruburetama.

Os agentes devem recolher computadores, celulares, tablets, HDs, pen-drives, CDs, DVDs, prescrições, agendas de consultas e receituários do prefeito afastado.

O advogado da defesa Leandro Vasques, falou sobre a decisão da Justiça. “Respeitamos a decisão judicial, mas é inusitado porque está se decretando a prisão de quem se colocou à disposição da Justiça e nem sequer teve a oportunidade de prestar depoimento com relação a delitos que possivelmente já tenham entrado em decadência do direito.” pontuou o advogado.

A defesa planeja apresentar José Hilson a qualquer momento, antes mesmo da notificação judicial.

Comente com Facebook