/Policiais suspeitam que sargento traficante não agiu sozinho

Policiais suspeitam que sargento traficante não agiu sozinho

Experientes policiais civis de Brasília não acreditam que o sargento Manoel Silva Rodrigues, preso na Espanha com 39kg de cocaína, agiu sozinho ou que seja principiante no tráfico de drogas. Ele chegou a Sevilla no avião que levava a Tóquio o pessoal de apoio à visita presidencial. Eles tampouco descartam que a polícia espanhola tenha feito a revista após obter informação de delatores. O sargento parecia seguro, sem encobrir a droga com roupas, em sua mala de mão.

A FAB apura eventuais facilidades de acesso do sargento traficante à Base Aérea de Brasília, usada para pousos e chegadas de autoridades.

O sistema de revista somente funciona no embarque dos passageiros. A tripulação, que chega cedo à Base Aérea, não é submetida a revista.

O sargento traficante atua no Grupo de Transportes Especiais (GTE), da FAB, desde o governo Dilma Rousseff (PT), em 2011./ DP

Comente com Facebook