PIS/Pasep: veja quem recebe o abono salarial nesta quinta-feira (24/3)

3 Min. de Leitura
Brasília - Brasileiros aproveitam o sábado para sacar o FGTS inativo durante a segunda etapa do liberação do FGTS nas agências da Caixa Econômica (José Cruz/Agência Brasil)

Cerca de 1,9 milhão de trabalhadores recebem, nesta quinta-feira (24/03), o abono salarial PIS/Pasep referente ao ano-base 2020. O valor total pago aos beneficiários soma R$ 1,8 bilhão. O dinheiro pode ser sacado até 29 de dezembro.

O abono será pago por duas instituições financeiras: Banco do Brasil, para servidores públicos (Pasep), e Caixa Econômica Federal, para funcionários do setor privado (PIS).

Cerca de 224,2 mil pessoas receberão pelo Banco do Brasil, que encerra os pagamentos nesta quinta. O valor será depositado para quem tem o número de inscrição finalizado em 9, no valor total de R$ 246,1 milhões.

Além disso, 1,7 milhão de inscritos no PIS receberão por meio da Caixa Econômica Federal. Nesta quinta, o valor será pago aos beneficiários nascidos no mês de outubro. O valor total liberado chegará a R$ 1,5 bilhão.

O pagamento do PIS pela Caixa vai até a próxima quinta-feira (31/3). Dois grupos ainda devem receber o valor: nascidos em novembro serão contemplados em 29 de março; e nascidos em dezembro receberão em 31 de março.

Têm direito ao benefício quem:

Recebeu por pelo menos 30 dias de trabalho em 2020;

Trabalhou com carteira assinada em 2020;

Recebeu, em média, até no máximo dois salários mínimos mensais em 2020;

Esteve inscrito no PIS-Pasep há pelo menos 5 anos;

O seu empregador tenha atualizado seus dados na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O valor pode chegar a um salário mínimo, calculado de forma proporcional à quantidade de meses trabalhados. Só recebe o valor máximo quem trabalhou os 12 meses do ano anterior. Desde o ajuste do salário mínimo, em 1º de janeiro, o abono passou a variar de R$ 101 a R$ 1.212.

Para obter mais informações sobre o PIS, o trabalhador pode ligar para o número 0800 726 02 07, da Caixa, ou ainda fazer a consulta no site da Caixa ou no app Caixa Trabalhador. Para isso, é preciso ter o número do NIS (PIS/Pasep) em mãos.

Os servidores públicos podem checar o valor no site do Banco do Brasil, nos caixas eletrônicos e nas agências do banco./ Metrópoles

Compartilhar Notícia