PF investiga ameaça de morte a vice-presidente da CPI da Covid

1 Min. de Leitura

A Polícia Federal (PF) investiga ameaças de morte ao vice-presidente da CPI da Covid-19, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do parlamentar.

Na última semana, o senador relatou, em sessão do colegiado, que estaria sendo vítima de ataques de “milícias virtuais”. A fala ocorreu durante discussão entre Randolfe e o senador Marcos do Val (Podemos-ES).

Exaltado, Randolfe disse ao colega senador do Espírito Santo: “Você e suas milícias não me intimidam, seja de rede social, seja de qualquer lugar”.

Senadores de oposição ao governo federal tem sofrido ameaças e ataques constantes nas redes sociais desde que a comissão foi instalada, no início do ano.

Os principais alvos dos são os parlamentares que comandam a CPI, como o presidente Omar Aziz (PSD), o vice Randolfe e o relator Renan Calheiros (MDB)./ Metrópoles

Compartilhar Notícia