Paulo Guedes pede aos supermercados que reduzam margem de lucro para conter alta de preços

1 Min. de Leitura
O ministro da Economia, Paulo Guedes, durante cerimônia alusiva à marca de 100 milhões de poupanças sociais digitais Caixa.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou, nesta quinta-feira (09/06), que “agora é a hora de dar um freio nessa alta de preços”. Segundo o ministro, no momento, é preciso frear a alta de preços de maneira voluntária “para o bem do Brasil”.

A fala foi feita durante o 2° Fórum da Cadeia Nacional de Abastecimento, promovido pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Guedes pediu para que o empresariado brasileiro ajude a quebrar a cadeia inflacionária.

Além de Guedes, o presidente Jair Bolsonaro (PL) estava presente no evento e pediu ao setor de abastecimento para que “colabore um pouco mais”, defendendo também que setor reduza a margem de lucro sobre produtos da cesta básica.

“Então o apelo que eu faço aos senhores, para toda a cadeia produtiva, é para que os produtos da cesta básica, cada um, obtenha o menor lucro possível”, disse, acrescentando saber que a margem de lucro já vem baixando, mas pedindo que seja ainda mais reduzida.

(Com informações CNN/Reuters)

(Foto: reprodução)

Compartilhar Notícia