/Pai de Neymar revela que divulgação de imagens eram necessárias para tirar possibilidade de estupro

Pai de Neymar revela que divulgação de imagens eram necessárias para tirar possibilidade de estupro

Ex-advogado da mulher que acusa Neymar de estupro, José Edgard da Cunha Bueno Filho enviou carta à antiga cliente dizendo que ela, ao registrar Boletim de Ocorrência, mudou a versão relatada inicialmente. Segundo o advogado, a história contada por ela no primeiro contato que tiveram foi que o sexo com o jogador havia sido consensual.

” …a relação mantida com Neymar Júnior foi consensual, mas que durante o ato ele havia se tornado uma pessoa violenta, agredindo-a, sendo esse o fato típico central (agressão) pelo qual ele deveria ser responsabilizado cível e criminalmente”, diz o trecho da carta exibida pelo Jornal Nacional da TV Globo.

Na matéria divulgada pela emissora de TV,  o pai do Neymar revelou que em reunião com os advogados do filho, eles decidiram que era melhor Neymar divulgar o teor da conversa entre ele e a mulher que o acusava de estupro, uma vez que um crime virtual pesaria menos na imagem do craque do que um crime de estupro.

Comente com Facebook