Ocupação da fazenda São Pedro em Tamboril, compra do imóvel e intermediação do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Fetraece para resolução do impasse, entenda o caso

3 Min. de Leitura

Na manhã deste domingo (25/2), dezenas de famílias de agricultores e agricultoras familiares que trabalham no imóvel São Pedro, localizado na zona rural do município de Tamboril, de propriedade do Sr. Pedro Augusto Timbó Camelo, ocuparam a área.

O proprietário tem o interesse em vender a fazenda e as famílias reivindicam do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária–INCRA (órgão do Governo Federal responsável pela Reforma Agrária), a compra da propriedade rural, que vem sendo reivindicada há mais de 20 anos, através do Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de Tamboril. A negociação de compra da propriedade vem mobilizando os agricultores (as) familiares, negociando com o INCRA e conquistando diversos assentamentos no município de Tamboril.

As negociações para compra da propriedade já iniciaram nos primeiros dias de trabalho do atual Superintendente do INCRA, a FETRAECE protocolou uma pauta de negociação do Movimento Sindical Rural com diversas reinvindicações para todo o Estado do Ceará, dentre elas, a vistoria e compra de três imóveis rurais em Tamboril, inclusive o imóvel São Pedro.

Em audiência pública da FETRAECE com diversos Sindicatos e INCRA no dia 01 de agosto de 2023, o atual Superintendente assumiu o compromisso com o Movimento Sindical Rural em vistoriar e comprar a propriedade fazenda São Pedro.

Por diversas vezes o Superintendente do INCRA encaminhou técnicos de sua equipe para que o Sindicato os acompanhasse junto ao Cartório de Registro de Imóveis do município, para realizar buscas cartorais para dar ciência ao proprietário do imóvel, atendendo a Legislação da Politica Nacional de Reforma Agrária vigente para efetivação da compra da fazenda São Pedro.

Destacamos que o superintendente após assumir o compromisso em vistoriar e comprar os imóveis citados, também informou ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Tamboril da data que seria realizada a vistoria do imóvel São Pedro, ação esta que se confirmou ainda em 2023, mantendo assim, o compromisso assumido com a entidade sindical.

Após a vistoria, o órgão sindical manteve o trabalho de visitas e mobilização das famílias do referido imóvel, realizando diversas reuniões para atualizar os trabalhadores dos avanços já alcançados para a conquista da tão sonhada terra.

Diante de todos esses fatos, as famílias que trabalham no referido imóvel decidiram ocupar a área e intensificar as articulações para que seja agilizado a emissão de posse para os agricultores (as) que há décadas cultivam essa terra e dela colhem o sustento de suas famílias.

Compartilhar Notícia