/Nova Russas: a pergunta é: o que vai melhorar na saúde do município com a compra do prédio do Hospital Municipal. Por Reginaldo Silva

Nova Russas: a pergunta é: o que vai melhorar na saúde do município com a compra do prédio do Hospital Municipal. Por Reginaldo Silva

O governo municipal de Nova Russas seguiu o roteiro de sempre no processo de compra do Hospital Municipal José Gonçalves Rosa (HMJGR) . Anunciaram a aquisição do prédio como se fosse uma conquista apenas do prefeito e do deputado da família.

A fim de estabelecer a verdade, sem demagogia e voltado única e exclusivamente para o senso de Justiça, é bom que se esclareça que o governador Camilo Santana prometeu um Hospital para Nova Russas, na sua visita ao município ainda na sua primeira campanha para governador.

Fato que será comprovado na foto abaixo do texto, recorte de uma matéria do amigo Jesus da Costa, publicada em 3 de agosto de 2017. Na época, não aparecia na fotografia, nem o atual prefeito e o deputado da família, que votavam em Eunício Oliveira, então adversário de Camilo Santana.

Não se pretende aqui encontrar pai para a compra do hospital , mas sim, creditá-lo em primeiro plano ao governador Camilo Santana que cumpriu com sua promessa, independentemente de quem tenha votado nele ou não, bem como a todas as lideranças do município: deputados, ex-prefeitos, vereadores, suplentes, comerciantes, imprensa, lideranças políticas e o prefeito atual, que somaram forças junto ao governador para que cumprisse com a palavra empenhada.

Todo nova-russense se alegra com a compra do prédio do Hospital Municipal José Gonçalves Rosa. Aliás, grande parte dos benefícios do imóvel já foram construídos com o dinheiro do próprio contribuinte, mas infelizmente não poderão participar da divisão do bolo de R$ 1.300,000 (hum milhão e trezentos mil).

Agora que o governador já comprou o prédio, o que interessa é responder a seguinte pergunta: o que vai melhorar na saúde do município depois da compra do prédio do HMJGR?

Como o município não gastou absolutamente nada na compra do prédio, poderia investir agora na compra de ônibus para os pacientes que viajam para Sobral e Fortaleza, fazer um Centro Cirúrgico decente para acabar com essa pouca vergonha das mulheres fazerem seus partos em outra cidades, negando o direito do filho ser nova-russense, fazer pequenas cirurgias no município, comprar novas ambulâncias para evitar que o nome da cidade saia em rede de televisão porque carregava sete pacientes em uma única ambulância. Não deixar faltar medicamentos nos postos de saúde e trocar as camas e reformar os leitos do hospital dando conforto e dignidade a quem procura o serviços de saúde.

Querer mudar essa realidade não é ser contra a família Pedrosa que estar no Poder, é questão de humanidade ajudar aqueles que mais precisam. O que não se aceita é essa política de tirar proveito de tudo, que sempre afeta os menos favorecidos.

É hora de virar essa página do hospital e melhorar a saúde de verdade, sair da fantasia digital e entrar no mundo de carne e osso.

Finalizando, vale salientar o papel do ex-prefeito Acácio, que é um dos sócios do grupo EMPA que vai levar parte da bolada de R$ 1,3 milhão. Acácio posou para foto, deu entrevista e fez o papel de garoto propaganda da família Pedrosa na compra do hospital. Não cabia a exposição. Mas, o grande Leão começa a dar sinais de perda de espaço na selva política. Para quem já foi prefeito três vezes, esse último papel  revela que o seu rugido já não é mais o mesmo!

 

 

 

Comente com Facebook