Noite afora. Uma madrugada de possibilidades

7 Min. de Leitura

Show na Casa de Forró à beira da Lagoa da Parangaba. Polo gastronômico com apresentações de humor e seresta na avenida Leste Oeste, na Barra do Ceará. Boates de todas as cores nos arredores do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. De uma ponta a outra, e com muitos pontos entre elas, Fortaleza oferece uma madrugada de possibilidades.   “Eu tento evitar ao máximo esse medo da insegurança. A gente tem é que viver nossa cidade”, destaca o designer Daniel Barros, 31, que mora na Aldeota e, de lá, sai para aproveitar a noite na Capital. “Tem muitos lugares pra curtir e comer bem”, diz. O capixaba Carlos Vieira, 36, que veio a Fortaleza de férias, afirma ter se surpreendido com a noite na terra do sol. “As pessoas são simpáticas, abertas. É a primeira vez que eu venho e quero voltar”, conta o representante comercial. Ele já visitou o chopp do Bixiga, na Praia de Iracema, e a casa de show Kangalha Sensation, na Maraponga.

O POVO. dom fez roteiro pela noite fortalezense e percorreu diferentes estabelecimentos com públicos, preços e serviços variados. Aqui vão algumas dicas, mas a madrugada promete muito mais!

BALADA  Austin
Uma noite de música sertaneja

“Sabe aquele gelo que você me deu? eu tô tomando na balada com com uísque e Red Bull” é uma das estrofes que quebram o silêncio da avenida Senador Virgílio Távora quando se entra no Austin Country Pub, que ocupa o número 1727, no coração do Meireles. O espaço comporta pouco mais de 500 pessoas e o público é, em maioria, feminino. “Nós somos referência na Cidade com essa proposta de uma balada mais aconchegante”, destaca Juliana Martins, responsável pelo marketing da casa. O pub tem público que gosta de “investir na noite”, pois os ingressos podem chegar a R$ 80. A festa começa às 23 horas e vai até às 4 da manhã.

Laiana Costa, 25, engenheira de alimentos
”O Austin tem uma boa estrutura, com um público selecionado e é um ótimo lugar para reunir os amigos. Quase toda semana venho e a festa é sempre animada”.

CONVENIÊNCIA   Posto Eco
Para começar e terminar

Na avenida Dom Luís, em frente à Livraria Cultura, há um posto de gasolina que é muito mais que um local para abastecer combustível. O espaço comporta uma loja de conveniência com variedade de bebidas e petiscos que faz inveja a muito bares. Com “espaço lounge” para receber os clientes, o posto é uma boa opção para fazer um esquenta da noite e também para terminá-la, já que o lugar é ainda padaria. “Eles ficam aí até sete, oito da manhã. Vem muitos grupo de amigos, casais, é bem tranquilo. Prefiro quando tá lotado, detesto quando está vazio”, diz Cristina Ramos, supervisora da loja de conveniência.

Hélio Mesquita , 30, vendedor
”Pra esse posto, vem gente de todas as tribos, todos os estilos. Dia de sábado, eu começo aqui e termino aqui, porque acabou virando um ponto mesmo para encontrar a galera”.

KARAOKÊ – Kant Bar   Um show em cada mesa
Copo americano, mesas de plástico e atendimento no melhor estilo bodegueiro. O Kant Bar conquistou fãs justamente pelo ambiente descontraído que permite a transformação de anônimos em astros do rock, do brega e de tantos outros estilos musicais. O bar abre no começo da noite, mas é por volta da meia-noite que a animação começa a tomar conta do espaço, invade a calçada da frente e até a avenida Bezerra de Menezes, onde o karaokê reverbera a partir da casa discreta de número 208. Pagando a taxa de R$ 5, o público pode cantar a noite inteira e, dependendo da disposição dos cantantes, a festa continua até o sol nascer.

Angélica Laurentino, 25, secretária
”Aqui é mesmo fim de festa. Vim agora do All Green’s Pub, mas termino a noite aqui. Gosto porque o público do Kant Bar é a cara da diversidade de Fortaleza”.

BARZINHO

Budega do Raul
Sinuca, música e comida em promoção

Há cinco meses ocupando o número 1800 da avenida Rogaciano Leite, a Budega do Raul vem reunindo público de diferentes bairros da Capital. “A ideia é que o cliente se sinta em casa”, destaca Raul Castro, 27, proprietário. Para o jovem empresário, o fortalezense ainda não aproveita bem todas as possibilidades que a madrugada oferece. “Muita gente ainda está presa só às casas de forró, que são mais comerciais, e acabam não conhecendo outros lugares”, destaca. Além da sinuca, da discotecagem e da música ao vivo, o bar oferece promoções de feijão verde, camarão e cervejas.

Caio Nepomuceno, 22 anos, estudante
”Gosto mais de barzinho com música mais alternativa, como aqui, o Órbita, a Sexta Blue (da barraca Marulho, na Praia do Futuro). Acho que em Fortaleza as pessoas aproveitam bem a noite. Já morei em outras cidades e noto que aqui tem mais movimento”.

RESTAURANTE    Brazão
Um caldinho para fechar
Um dos poucos restaurantes em Fortaleza que segue aberto durante toda a madrugada, o Brazão é uma boa pedida quando a vontade é de refeição pós-festa. Como está localizado na Praia de Iracema (Rua João Cordeiro, 43), o lugar acaba sendo rota de muita gente durante a noite, sendo também point na zona hoteleira. O carro-chefe é caldinho, em especial o de feijão preto e o de cioba. As opções incluem ainda diversos pratos com frutos do mar, além de cerveja gelada até às 5 horas da manhã.

Sônia Maria, comerciante
“O atendimento é bom e tem várias opções de pratos. Mesmo a cidade sendo perigosa, não tenho medo de vir à noite porque roubo não tem hora. Eu não vou deixar de sair por isso”.

( O POVO Online)

 

Compartilhar Notícia