Mourinho aconselha Ancelloti a recusar Seleção: “Só um louco sai do Madrid”

3 Min. de Leitura

Deixar o Real Madrid diante de uma possível proposta de renovação de contrato seria uma loucura para Carlo Ancelotti. Ao menos é o que pensa um outro grande técnico do futebol mundial, José Mourinho. O treinador português da Roma relembrou sua própria experiência no time espanhol para comentar sobre a possibilidade de o italiano assumir a seleção brasileira. E foi claro na recomendação ao colega: é melhor não deixar sua atual equipe.

Em entrevista ao canal RAI1, da Itália, Mourinho afirmou que Ancelotti é o treinador perfeito para o Real Madrid. E que seria um erro o italiano deixar o posto. Segundo o português, apenas um louco deixou o time espanhol quando o próprio clube queria a permanência do técnico: ele mesmo.

“Brasil? Só um louco sai do Madrid quando Madrid o quer. E esse fui eu. O único”, disse Mourinho

– Depois de três anos, o presidente e José Sánchez (diretor do Real Madrid) queriam tanto, tanto, tanto que eu permanecesse… mas fui eu quem decidi. Um louco. Tenho certeza que com o menor gesto de Florentino, Carlo vai ficar. Ele é perfeito para o Madrid, e o Madrid é perfeito para ele – afirmou o português.

Ancelotti tem contrato com o Real Madrid até junho de 2024 e, segundo a CBF, será técnico da seleção brasileira a partir da próxima Copa América. No entanto, a imprensa espanhola diz que o treinador italiano deve ter uma proposta de renovação de contrato com a equipe merengue. Para Mourinho, não há dúvida: o clube quer que a permanência.

– Quando você tem um super treinador, por que vai procurar outro? Conhecendo Florentino, e eu o conheço muito bem, ele é um homem superinteligente e se você lê a imprensa fica muito claro. Eu, como torcedor do Real Madrid, de coração branco e como “Ancelottista”, espero que a temporada seja fantástica e que Carlo esteja lá na próxima, porque ele é o treinador perfeito para o Madrid.

Mourinho treinou o Real Madrid de 2010 a 2013, disputou 178 jogos, dos quais venceu 128, conquistou a Supercopa da Espanha, La Liga e a Copa do Rei. Quando questionado sobre o futuro na Roma, o ttécnico declarou que a equipe é muito especial para ele e para sua carreira, mas não descarta a possibilidade de ir pra a Arábia Saudita futuramente.

– Sempre sinto o desejo e a responsabilidade profissional, um senso de orgulho, mas há algo a mais aqui. Essas pessoas fazem com que você tenha uma temperatura diferente na pele. Eu amo essas pessoas, e é por isso que não tenho problemas em dizer que a Roma é muito especial para mim, em minha carreira – comentou./ ge

(Foto reprodução)

Compartilhar Notícia