/Morte de Gugu Liberato abre o debate sobre herança digital

Morte de Gugu Liberato abre o debate sobre herança digital

Após acidente doméstico, ocorrido no último dia (20/11), o apresentador Gugu Liberato sofreu queda que resultou em morte encefálica. Uma semana após seu falecimento, sua conta na rede social Instagram teve um aumento de mais de 1 milhão de seguidores. Segundo especialista, o acesso de contas nas redes sociais como herança, ou como parte dela, divide opiniões.

O especialista em Direito Digital Luiz Augusto Filizzola D’Urso, do escritório D’Urso e Borges Advogados Associados, explica que existem duas correntes no que diz respeito a família herdar o acesso às contas nas redes sociais, “aqueles que defendem a exclusão da conta e aqueles que defendem que a família herde o controle total e o acesso destas contas”.

Ainda de acordo com o advogado, no caso do Instagram, a ferramenta autoriza a exclusão da conta após o preenchimento de formulário online com a comprovação de que se trata de algum familiar, sendo, também, possível a transformação do perfil em um memorial.

t

 

 

Comente com Facebook