/Marley, o Trio e os fogos do Zabumba. Por Reginaldo Silva

Marley, o Trio e os fogos do Zabumba. Por Reginaldo Silva

Essa semana voltou a polêmica sobre a passagem do Trio Elétrico no centro de Nova Russas durante o período de Carnaval e a proibição dos fogos que o bloco Zabumba solta todos os anos em sua sede.

Sou favorável ao Carnaval, por se tratar de uma grande festa popular, defendo que o Zabumba mantenha a tradição, bem como advogo que é possível ser feito alguns ajustes para que reine a paz e harmonia no período monimo.

Ao longo dos anos, o Trio Elétrico foi descendo da praça da Rodoviária cada vez mais tarde e passa no centro da cidade sempre depois da meia noite. Muitas crianças são privadas de verem a passagem do Trio devido ao horário.

O ideal seria uma programação que possibilitasse o Trio descer mais cedo, causaria menos transtornos aqueles que não apreciam a festa popular e que merecem todo respeito por terem pensamento contrário. Ao mesmo tempo daria aos mais jovens a alegria e a oportunidade de ver o Trio passar em sua porta, ajudando a manter viva a tradição do carnaval que é passada de geração em geração.

Ainda na busca da harmonia para polêmica da passagem do Trio Elétrico no centro e os fogos do Zabumba. Deixem-me apresentá-los o Marley, que entrou no título da matéria e na polêmica, mas que não pode participar de nenhuma audiência sobre o caso e muito menos se defender.

Marley é o cachorro da minha filha. Ela tinha muito medo de cão até conhecer o Marley. Foi amor a primeira vista. Ele é a figura mais amável e adorável de todas as criaturas que já convivi. Jamais imaginei que fosse virar ativista da causa animal, sempre via as manifestações em defesa da causa como uma certa frescura. Mas todos podem achar a mesma coisa até colocar um dentro de casa. Eles nos ensinam a amar, perdoar, ser mais tolerantes e não existe tristeza para eles.

Como o carnaval é uma festa da alegria, o ideal seria buscar uma solução harmoniosa que causasse felicidade para todos. O Trio saindo mais cedo, com a tradicional parada no Zabumba, com fogos de artificio sem barulho, respeitando crianças, idosos, a tradição do carnaval e o Marley.

Marley, assim como eu gosta de carnaval e vai passar a festa momina em Nova Russas, ele não quer estragar a festa de ninguém, mas quer que o direito de todos sejam respeitados.

Briquem com moderação!

 

Comente com Facebook