Luciano Bivar: “Eu não posso estar num governo que a todo momento fustiga as instituições”

1 Min. de Leitura

O presidente nacional do União Brasil, Luciano Bivar, pré-candidato a presidente da República disse à revista Veja que conversa com várias siglas, inclusive com o PT, mas não abe mão de sua pré-candidatura. Bivar também não enxerga a possibilidade de reconciliação com o presidente Bolsonaro (PL).

Segundo Bivar, não há como recuar da ruptura com o governo se o presidente insiste em flertar com um abalo nas instituições. “Eu não posso estar num governo que a todo momento fustiga as instituições. Jamais”, defende o presidente nacional do União Brasil.

EM TEMPO

No Ceará, o União Brasil partido que abriga o deputado federal licenciado, Capitão Wagner, tem afinidade com o presidente Bolsonaro, muito embora, nos últimos dias, venha ocorrendo um movimento de abertura para outras correntes políticas, inclusive alinhadas ao próprio Partido dos Trabalhadores.

Compartilhar Notícia