Jeová Mota diz que PDT Ceará vai reunir prefeitos na próxima terça (14)

3 Min. de Leitura

O deputado estadual Jeová Mota (PDT) esteve nesta sexta-feira (10/11) na rádio Educadora de Crateús, no programa “Direto ao Ponto” para falar dos últimos acontecimentos que envolvem o PDT Ceará.

O parlamentar argumentou na entrevista que o PDT no estado, lidereado pelo senador Cid Gomes vai seguir o rito democrático defendido pela ala cidista e continuar ouvindo todas as lideranças da sigla. O deputado disse que está marcada uma reunião com todos os prefeitos da legenda para a próxima terça-feira (14/11), em local ainda indefinido, para ouvir os gestores sobre as discussões que envolvem a agremiação.

Jeová diz que o clima no partido ficou insustentável, porque a maioria da legenda no estado, não pode exercer seu direito de maioria. Dez parlamentares defendem o direito de fazer parte da base governista, enquanto a voz da minoria prevalece no partido, defendendo uma posição contrária.

De acordo com o parlamentar o senador Cid Gomes tem dado voz a essa maioria, respeitando seus posicionamentos e vai fazer o mesmo com os prefeitos da legenda no estado. “Os partidos não podem defender abertamente a democracia e dentro do partido praticar o contrário. Democracia é o exercício da maioria. No PDT Ceará essa democracia, lamentavelmente, não tem sido exercida. É esse clima de perseguição a divergência de ideias que tem levado o senador Cid Gomes a ouvir deputados, prefeitos e vereadores do partido, para posteriormente tomar uma decisão que realmente represente o sentimento da maioria”, enfatiza o parlamentar.

Jeová Mota disse ainda que os parlamentares não tem uma definição de uma nova legenda, segundo ele, a ideia é ouvir os prefeitos e vereadores e após uma ampla discussão, será respeitada a decisão da maioria.

EM TEMPO

Logo após a entrevista, a Justiça suspendeu a reunião do dia 27 de outrubro do Diretório Nacional do PDT que determinou uma intervenção no Diretório estadual do Ceará e destituiu o senador Cid Gomes da presidência do partido. Com a decisão desta sexta (10/11), Cid reassume o comando do partido no Ceará.

Compartilhar Notícia