Governo estuda ajuda da Petrobras para aéreas e convoca reunião no Planalto

1 Min. de Leitura

O governo Lula avalia recorrer à Petrobras no pacote de socorro às companhias aéreas. Uma reunião para discutir o tema está marcada para quinta-feira, 1º, na Casa Civil, com representantes da estatal, o ministro Silvio Costa Filho (Portos e Aeroportos), CEOs das companhias e a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abrear).

Uma possibilidade à mesa seria a Petrobras reduzir o preço do querosene de aviação. A saída via estatal surge em meio à resistência da Fazenda em baixar os impostos do combustível ou aportar recursos para o fundo de R$ 6 bilhões em crédito que será oferecido às aéreas. Procuradas, a Petrobras e a Casa Civil não comentaram.

Representantes do governo, da Petrobras e das empresas aéreas discutem formas de baixar o custo do querosene de aviação no pacote de ajuda ao setor. Um dos desenhos também em debate é a possibilidade de as companhias se juntarem para compra o combustível diretamente da Petrobras, o que poderia reduzir o custo entre 4% e 8%./AE

Compartilhar Notícia