Governador anuncia chamamento de mais de 1.300 aprovados em concursos da PMCE

3 Min. de Leitura

No seu segundo bate-papo semanal do ano com os cearenses, o governador Elmano de Freitas anunciou, nesta quarta-feira (10/1), o chamamento de candidatos aprovados nos últimos concurso da Polícia Militar do Ceará (PMCE). Investindo no reforço da segurança pública, a convocação corresponde a 1.200 vagas imediatas para soldado e 113 para 2º tenente.

O chamamento foi paralisado no fim do ano passado por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), na qual o Governo do Ceará apresentou recurso e foi atendido pelo órgão. O chefe do Executivo cearense comemorou poder dar prosseguimento ao concurso e convocar os aprovados para prestar serviço à população cearense. O novo edital de chamamento será publicado no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (11).

“Nós nos adaptamos à regra do Supremo, que foi decidida para o Brasil inteiro. Então, vamos convocar os policiais militares para fazer a formação. No caso, a formação é de seis meses, sendo os primeiros três meses interno e depois é teoria e prática, já indo para a rua atuar com aquilo que aprendeu”, explicou o governador. O gestor estadual antecipou que o curso, para esses profissionais, deve começar na segunda quinzena de fevereiro deste ano.

Para além do chamamento imediato de 1.313 aprovados, também foi aprovada a ampliação do cadastro reserva para ambas as funções. No caso do posto de soldado, o cadastro de reserva passa de 500 para 820 vagas.

“Nós tínhamos em torno de 290 pessoas que não tinham, sequer, participado da fase final do concurso. Eu peço atenção a essas pessoas, pois serão chamadas para fazer as próximas fases e, sendo aprovadas, entrarão no cadastro reserva”, explicou o governador ao se referir que dentro das 820 vagas há 290 novos candidatos aptos a concluírem as demais etapas do certame.

Para o cargo de 2º tenente a ampliação foi de 187 para 477 vagas. Desta forma, as vagas correspondem aos 224 candidatos já aprovados da ampla concorrência e aos 66 das cotas que, pelas regras atuais, estariam eliminados, e mais um novo candidato a ser convocado.

Ainda na área de segurança, governador também informou que tem realizado reuniões com a cúpula da segurança pública do Estado para organizar novos projetos na área, de forma integrada. “Vamos começar um processo novo para buscar reduzir e inibir a situação de roubos e furtos de celular. Fomos buscar experiências, e será trabalhada uma ação integrada com entes do Estado”, concluiu.

( Foto: reprodução))

Compartilhar Notícia