/Gilmar Mendes: “o Brasil precisa encerrar o ciclo dos falsos heróis”

Gilmar Mendes: “o Brasil precisa encerrar o ciclo dos falsos heróis”

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, em entrevista a Folha, disse que o Brasil precisa encerrar o ciclo dos falsos heróis.

Sem citar o nome de Moro nem do coordenador da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, Gilmar disse que o Brasil precisa “encerrar o ciclo dos falsos heróis” e defendeu que a cúpula da força-tarefa assuma que cometeu erros e “saia de cena”.

“Simplesmente dizer: nós erramos, fomos de fato crápulas, cometemos crimes. Queríamos combater o crime, mas cometemos erros crassos, graves, violamos o Estado de Direito.” enfatizou Gilmar.

Para o ministro do STF, “O conúbio entre juiz, promotor, delegado, gente de Receita Federal é conúbio espúrio. Isso não se enquadra no nosso modelo de Estado de Direito,” declara ele.

Crítico ferrenho da Lava Jato, o ministro afirmou que as mensagens reveladas pelo site The Intercept Brasil e por outros órgãos de imprensa, mostram um “jogo de promiscuidade”.

Comente com Facebook