Fortaleza anuncia renovação de Pikachu até 2025

3 Min. de Leitura

O Fortaleza anunciou a renovação com Pikachu até o fim de 2025. O jogador pertencia ao Shimizu S-Pulse, do Japão, e estava emprestado ao Fortaleza até o fim de 2023. O Fortaleza adquiriu 100% dos direitos do atleta por R$ 2,4 milhões (US$ 500 mil) parcelados durante o ano.

Em 2022 no Fortaleza, Pikachu fez 44 jogos, 17 gols e oito assistências. No Shimizu S-Pulse em 2022, Yago Pikachu fez apenas 12 jogos e não marcou nenhum gol. O clube foi, inclusive, rebaixado na J-League.

No Fortaleza em 2023, Pikachu cresceu de rendimento no final da temporada e terminou com 74 jogos, 13 gols e oito assistências. O jogador foi o terceiro artilheiro do time com 13 gols.

– Para começar a sequência dos presentes natalinos, viemos confirmar a recompra do Yago Pikachu. Estamos comprando ele novamente do Shimizu S-Pulse, do Japão, por US$ 500 mil parcelados durante o ano. É um atleta de excelente performance no Clube com uma minutagem altíssima, de gols importantes em campeonatos estaduais, no título da Copa do Nordeste, na Copa do Brasil, Libertadores e Sul-Americana e Série A com vitórias marcantes. – falou o CEO, Marcelo Paz.

Além dessas grandes marcas, Yago é o autor do título do Bicampeonato do Nordeste de 2022 e foi atuante nas campanhas históricas do: Brasileirão 2021 e 2022; Copa do Brasil 2021; Libertadores de 2022 e 2023, além de ter sido Tricampeão Cearense (2021-2023).

– Então, é um atleta decisivo com gols e assistências, polivalente. Muito identificado com o nosso clube, um ídolo da torcida, e muito das crianças a redor do país. É um atleta que temos carinho de estar conosco de novo, de renovar esse vínculo, agora por mais dois anos e com a opção de um terceiro. É um pedido também do Vojvoda, também damos esse presente para a torcida do Fortaleza, que tenho certeza que gostaria muito da permanência dele. E o Pikachu é de novo do Fortaleza e vai seguir por mais tempo nos ajudando com o espírito vencedor que ele tem. – finalizou o CEO./ge

(Foto reprodução)

Compartilhar Notícia