/FHC diz que Doria está certo em se distanciar de Bolsonaro e que sigla seguiu o estatuto no caso Aécio

FHC diz que Doria está certo em se distanciar de Bolsonaro e que sigla seguiu o estatuto no caso Aécio

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) disse em entrevista ao jornal Estadão nesta sexta-feira (23/08) que o governador de São Paulo, João Doria (PSDB) está certo em se distanciar de Jair Bolsonaro. Caso Doria queira ser mesmo candidato a presidente, Jair Bolsonaro é adversário e não aliado. Fernando Henrique também falou do processo de expulsão do partido do deputado federal Aécio Neves (PSDB), segundo ele, disse que a sigla cumpriu o estatuto.

Quando foi questionado sobre o posicionamento do governador de São Paulo que tem adotado uma postura mais crítica em relação ao governo federal, FHC disse ser uma medida acertada em virtude do momento. “Eu acho que esta fase é melhor porque, objetivamente, se o governador Doria quiser ser candidato, o Bolsonaro é adversário, não é aliado.” ponderou o ex-presidente.

Em outro momento da entrevista ele foi indagado sobre o processo de expulsão do deputado federal Aécio Neves do PSDB: “Pelo que eu vi, seguiram o estatuto (do partido). O estatuto diz que a pessoa tem de ser condenada para ser expulsa. Então, o diretório não tinha muita alternativa. Seguiu o estatuto. Eu não falei com o governador Doria sobre a matéria. Eu acho que, a uma certa altura, o juiz de quem deve se afastar é o próprio Aécio Neves. É questão de ele ver o quanto isso pode ajudar ou atrapalhar o partido. É claro que ele tem de fazer um balanço entre os interesses dele e os do partido. Eu acho que o homem público sempre pensa na estrutura, na instituição. Mas, no caso, eu não estava lá e não sei qual argumento foi usado, mas tem muita gente do PSDB que está acusada. Por que vão tirar um só?” Destacou Fernando Henrique.

 

Comente com Facebook