Fernando Santana diz que ANEEL deu prazo para Enel se manifestar sobre a prestação de serviços no Ceará

2 Min. de Leitura

O deputado estadual Fernando Santana (PT), presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga supostas irregularidades e abusos por parte da Enel Distribuidora de Energia no Ceará, disse nesta quarta-feira (8/11), em entrevista à rádio Educadora de Crateús, no programa Direto ao Ponto, que a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), deu um prazo de 15 dias para que a concessionária de energia no Ceará apresente um relatório das ações de trabalho que estão sendo executados no estado.

O parlamentar acrescentou que não existe pontos conclusos ainda em relação a CPI, os trabalhos seguem sendo realizados, contudo, considerou positivo a manifestação da ANEEL, órgão responsável pela regulação, fiscalização, produção, transmissão, distribuição e comercialização de energia elétrica e responsabilização dos serviços prestados pelas concessioárias de energia elétrica em conformidade com as diretrizes do Governo Federal.

A ANEEL também em conjunto com o Ministério de Minas e Energia (MME), também vem monitorando a Enel em outro estado, São Paulo, onde a empresa vem apresentando problemas no fornecimento de energia na área em que é responsável.

A Agência Nacional tem monitorado os impactos provocados pelas fortes chuvas ocorridas no início deste mês, no estado de São Paulo, no que se refere ao fornecimento de energia elétrica aos consumidores paulistas e cobra informações sobre a situação. As autoridades federais, estaduais e municipais também estão sendo informadas sobre as providências que estão sendo adotadas naquele estado.

A ANEEL solicitou que as distribuidoras adotem providências, a fim de que o fornecimento às regiões afetadas seja reestabelecido com a maior brevidade possível.

Quem também monitora de perto a situação de são Paulo é o deputado estadual Fernando Santana, procurando entender os desdobramentos em outros estados e de olho no fechamento do relatório da CPI no Ceará, buscando uma melhor prestação de serviços da distribuidora de energia elétrica ao povo cearense.

Compartilhar Notícia