Fãs do RBD sofrem com arrastões e assaltos na saída do show no Rio

2 Min. de Leitura

Fim de show e, ainda extasiados com a apresentação do RBD, milhares de fãs enfrentaram várias tentativas de arrastões e até mesmo assaltos no entorno do Estádio Nilton Santos, o Engenhão, na zona norte do Rio, na madrugada desta sexta-feira (10).

A falta de policiamento causou revolta. Vários fãs choravam apavorados com os ataques. “Isso é um absurdo. Um show desse tamanho, com uma multidão e não pensaram em reforçar o policiamento da área”, reclamou Graziella Souza, que buscou abrigo ao lado de uma viatura.

Ela e outras centenas de pessoas pediram ajuda a policiais, que correram atrás de um bando com mais 20 homens.

Outros procuraram abrigo em casas de moradores do bairro e até em um hospital para escapar dos arrastões. Vídeos gravados na saída do show mostram dezenas de pessoas correndo.

Uma fã relatou ter sido assaltada na passarela para a estação do metrô. Outra presenciou correria em direção à estação e trens lotados. Uma terceira viu homens roubando as pessoas que saíam do estádio e perseguição pela polícia.

A atuação das equipes de segurança do Engenhão também provocou reclamações. “Eles não tiveram a sensibilidade de abrir os portões para a gente entrar novamente no estádio. Ficamos expostos aos bandidos e foi um desespero”, contou Matheus Matos.

O público lotou o Engenhão na noite de quinta (9), sob um calor na casa dos 35 graus, para ver os ídolos no palco. O local foi transformado em um verdadeiro caldeirão.

“Quinze anos, Brasil! Sonho realizado. Vocês não pararam de sonhar e estamos aqui por vocês”, gritou Dulce María ao final da música “Tras de Mí”, que abriu o show./F5

(Foto reprodução)

Compartilhar Notícia