Ex é preso suspeito de assassinar enfermeira grávida no Espírito Santo

1 Min. de Leitura

Operação conduzida pela Polícia Civil do Estado do Espírito Santos (PCES) prendeu, nesta quinta-feira (18/1), um homem suspeito de matar a enfermeira Íris Rocha. O corpo da vítima, que estava grávida de oito meses, foi encontrado às margens de uma estrada rural do município Alfredo Chaves, na última segunda (15/1).

Cleilton Santana dos Santos, de 27 anos, era ex-namorado da vítima.

“O principal suspeito do brutal assassinato da enfermeira Íris Rocha está preso. Resposta rápida e eficiente das nossas forças policiais comprovando que esse crime cruel, assim como qualquer crime, não será tolerado e será combatido com rigor”, afirmou o governador Renato Casagrande.

Perícia no corpo da mulher indicou que ela teria sido atingida por, pelo menos, dois disparos na região do tórax. O cadáver foi encontrado coberto com cal na estrada que liga Matilde à comunidade de São Bento de Urânia, localizada na mesma cidade.

A enfermeira Íris Rocha era mãe de um menino de 8 anos e estava grávida de oito meses. A mulher morava no bairro de Jacaraípe, na cidade de Serra (ES)./Metrópoles

(Redes sociais/ Reprodução)

Compartilhar Notícia