/ESPM abre inscrições para 10 cursos na área de propaganda e marketing em Fortaleza

ESPM abre inscrições para 10 cursos na área de propaganda e marketing em Fortaleza

A ESPM, escola com mais de 60 anos de tradição nas áreas de propaganda, marketing e negócios, traz para Fortaleza cursos de curta duração, conhecidos como cursos de extensão. As primeiras turmas começam no dia 9 de setembro e as últimas terminam no dia 19 do mesmo mês.

Os dois primeiros cursos acontecem nos dias 9 e 10 de setembro são: Gerência e supervisão de vendas, com o professor Oreste Hernandes Cotroni e, Pesquisa de satisfação, ministrado pelo prof. Victor Trujillo. Ambos acontecem das 18h às 22h30, na quarta e quinta-feira, após o feriado de 7 de Setembro e têm uma carga horária de 9 horas.
Dos dias 14 a 16 de setembro, das 19h30 às 22h30, ocorrerão os cursos A importância do comportamento do consumidor, dado pela professora Ione Lucia Florêncio Almeida e o curso Por que marketing é marketing, também com o professor Victor Trujillo.Do dia 11 a 12 de setembro, acontecem os cursos de Atendimento a clientes como ferramenta do marketing 3.0, ministrado pelo professor Paulo Cesar Silva; Marketing promocional, com o professor Claudio Mello e O texto publicitário com razão e mais emoção, dado pelo premiado escritor João Carrascoza. Estes cursos acontecem na sexta-feira, das 18h às 22h30 e no sábado, das 9h às 13h30.

O único workshop desta edição dos cursos Itinerantes será o Workshop de Criatividade, no dia 17 de setembro, das 9h às 18h, liderado pelo professor José Predebom. E de 17 a 19 de setembro a ESPM oferece o curso Planejamento e propaganda, das 19h30 às 22h30, com o professor Roberto Corrêa.

E para terminar esta rodada de cursos em Fortaleza, o professor João Vicente Segato Bertomeu dará o curso sobre Direção de arte, nos dias 18 e 19 de setembro, das 18h às 22h30. Todos os cursos ocorrem no Hotel Quality Fortaleza, na Avenida Beira Mar, 2.340, na praia de Meireles. O investimento em cada um dos cursos é de R$ 610 e pode ser parcelado em até seis vezes. (Tribuna do Ceará)

Comente com Facebook