Doria mantém candidatura do PSDB à presidência em projeto meio enviesado

2 Min. de Leitura
Foto: Sérgio Lima/PODER 360

Depois de aliados sinalizarem que João Doria (PSDB) desistiria de se candidatar à Presidência da República e concluiria seu mandato no Estado, o governador de São Paulo anunciou na tarde desta quinta (31/03), que renunciará ao cargo para concorrer ao Palácio do Planalto. “Sim, serei candidato à Presidência da República e pelo PSDB. Teremos um novo Brasil”, afirmou, em referência indireta às especulações de que poderia sair do partido.

Durante pronunciamento feito no Palácio dos Bandeirantes precedido de gritos de “Brasil, à frente, Doria presidente”, e de uma bateria de escola de samba, o tucano fez críticas aos governos do PT e à gestão de Jair Bolsonaro e disse que a pressão dos “extremistas” têm dificultado a construção de um consenso para confrontar os erros do petismo e do bolsonarismo.

Em entrevista coletiva após o anúncio, Doria disse que “não houve desistência” da pré-candidatura ao Planalto, mas sim um “planejamento” para se manter na disputa pelo Planalto. “Houve sim um planejamento para que pudéssemos ter aquilo que conseguimos, o apoio explícito do PSDB a partir de seu presidente, Bruno Araújo. A carta que ele assinou hoje não deixa nenhuma dúvida nem agora nem depois”, disse Doria.

“O PSDB elegeu, em processo democrático das prévias, um. Esse é o candidato, não tem dúvida, não há questionamento, não dá golpe possível em uma democracia. Ela tem de ser obedecida e hoje ficou claro, através dessa carta do presidente nacional, Bruno Araújo, que não há forma de se negar o resultado das prévias. Isso seria admitir que o PSDB se tornou um partido golpista e o PSDB não é um partido golpista.”

A fila continua andando e Doria segue seu curso em um projeto presidencial meio enviesado, ora avança, ora recua, ora o PSDB se cala, ora o PSDB apoia e nesse curso o tucanato vai tentando se manter de pé, com a candidatura de Doria a presidente, que pelo jeito agora é pra valer e não tem volta.

Compartilhar Notícia