Dirceu define como “covardia” omissão de Lula e Dilma

1 Min. de Leitura

O ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, reclamou da omissão de Lula e da presidente Dilma Rousseff, diante da sua condenação no processo do mensalão. Para Dirceu, a postura das duas maiores lideranças do PT nos últimos 12 anos foi de “covardia” e estaria se repetindo agora nas denúncias da Operação Lava Jato, em que o ex-ministro é citado novamente por corrupção.

Segundo Dirceu, a omissão de Dilma e Lula “de nada serve”, pois “agora estamos todos no mesmo saco, eu, o Lula, a Dilma”. O ex-ministro revelou que Lula tentou controlá-lo ao ser procurado pelo presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto, com a ordem para que ele (Dirceu) reassumisse suas funções no Diretório Nacional do PT.

 

Compartilhar Notícia