/Destino de Alexandre Frota no PSL começa ser decidido hoje

Destino de Alexandre Frota no PSL começa ser decidido hoje

O presidente do PSL, Luciano Bivar (PE), está com a missão de fazer do deputado federal Alexandre Frota (PSL) o primeiro bode expiatório do partido. A ideia central é demarcar o terreno, Jair Bolsonaro não pode sofrer quaisquer tipo de críticas dentro da própria sigla.

Alexandre Frota votou a favor da reforma da Previdência no primeiro turno, o deputado se absteve na análise final da proposta na Câmara, contrariando a orientação do PSL. Ele também criticou a indicação Eduardo Bolsonaro para a embaixada nos EUA e disse que o Brasil fica “mais tranquilo” com Bolsonaro calado.

De acordo com integrantes da sigla, Bivar passou a pedir a membros da executiva que votem pela expulsão de Frota. O dirigente da legenda quer fazer um gesto para o Planalto e enviar um sinal de que a verborragia da bancada precisa ter um limite.

Outros dirigentes avaliam que este caminho seria, inclusive, vantajoso para o deputado. Expulso, Frota não poderia ser acusado de infidelidade partidária. Apesar disso, seus adversários, como major Olímpio (PSL-SP), defendem que a sigla reivindique também seu mandato.

A justificativa para a expulsão será a de que Frota não agiu de acordo com as diretrizes partidárias.

O caso do deputado será analisado no PSL nesta terça (13/08).

(Foto: Fátima Meira-Folhapress)

Comente com Facebook