Deputado federal José Guimarães: “não estamos impondo nada, mas nossa preferência é por Izolda Cela”

3 Min. de Leitura

Um dia após o encontro da governadora Izolda Cela (PDT) com as bancadas de deputados estaduais e federais no Palácio da Abolição, o deputado federal, José Guimarães (PT), reforçou o posicionamento dos parlamentares petistas que tiraram uma foto apontando para Izolda Cela, em sinal de apoio à sua reeleição.

No evento, do Palácio da Abolição, os parlamentares petistas: Nizo Costa, Júlio Cesar, Elmano de Freitas, Fernando Santana, Augusta Brito, Moises Brás, Acrísio Sena e o deputado federal José Airton tiraram uma foto ao lado da governadora Izolda Cela em claro sinal de apoio petista a pré-candidatura à reeleição da atual mandatária do Executivo estadual.

Encontro da bancada do PT com a governadora ocorreu na última segunda-feira (25)

O deputado federal José Guimarães (PT), também usou as redes sociais nesta terça-feira (26/04) para dizer que endossa a decisão da bancada petista. Não é simples, é uma aliança de 16 anos que precisa se renovar para enfrentar uma candidatura de Bolsonaro no Ceará. Não estamos impondo nada, mas nossa preferência é por Izolda Cela, pontua o parlamentar no Twitter, um dos membros mais influentes da sigla junto ao presidente Lula.

“Nossa relação com Izolda Cela é a melhor possível”, disse o parlamentar ao defender que a parceria de Izolda com o ex-governador Camilo Santana (PT) trouxe investimentos e equilíbrio financeiro para o Ceará.

Todas as manifestações públicas de apoio a Izolda se intensificaram, após o prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT) dizer aberta e publicamente que o nome do ex-prefeito da Capital cearense, Roberto Cláudio (PDT) era disparado o melhor nome da sigla na disputa pelo Palácio da Abolição. Na época, pedetistas tentaram apaziguar as declarações de Sarto, mas já era tarde, sua manifestação pessoal já havia deixado fissuras na base pedetistas.

Os demais pré-candidatos do PDT, o presidente da Assembleia Legislativa, Evandro Leitão e o deputado federal Mauro Filho, que também disputam a indicação da sigla para concorrer ao cargo de governador, mantiveram a linha da decência e se comportaram como verdadeiros fidalgos, mas, outras siglas abandonaram a fidalguia e foram para luta, em defesa do nome de Izolda.

(Foto: divulgação)

 

Compartilhar Notícia