/Conheça o candidato do Enem que, aos 61 anos, quer se formar médico

Conheça o candidato do Enem que, aos 61 anos, quer se formar médico

Aos 61 anos, Silvio Souza da Silva poderia estar curtindo a aposentadoria. Apesar de ter se retirado do serviço público, ele não acorda na hora em que o sono acaba nem se demora tomando o café da manhã enquanto lê jornal. Não usa os dias úteis para fazer caminhadas, pagar contas na boca do caixa no banco, colocar um hobby em dia… Faz dois anos que o ex-servidor da Câmara dos Deputados entregou o cargo. Mas não viveu um dia sequer como aposentado. Seu Silvio tem outros planos. “Aposentadoria não é carreira”, teima.

Hoje, a rotina do mineiro radicado em Brasília mais se parece com a de um adolescente prestes a entrar na universidade. Até porque, se tudo sair conforme o planejado, ele iniciará mesmo uma (nova) vida universitária em breve. Há dois anos, passa as manhãs entre matrizes, fórmulas de física, lições de gramática, lanches rápidos na cantina. É – até onde sabe – o aluno mais velho do cursinho preparatório para o Enem do Alub, na Asa Sul.

Mesmo tendo deixado o Ensino Médio há mais de quatro décadas, neste domingo (5/11) Silvio vai fazer pela segunda vez a prova do Exame Nacional do Ensino Médio. Quer ser médico. Fazer residência, especializar-se em urologia, montar consultório. “Sempre quis uma profissão que eu abraçasse e ficasse nela para sempre. A medicina para mim vai ser isso”, resume

(Metrópoles)

Comente com Facebook