Ciro Gomes ironiza Anielle Franco por dizer que ‘buraco negro’ é expressão racista: ‘tenha tenência’

2 Min. de Leitura

O ex-governador e candidato à presidência Ciro Gomes usou sua rede social para ironizar declaração recente da ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco. Em entrevista no programa “Bom Dia, Ministro”, na semana passada, a ministra disse que há muitas expressões racistas em uso atualmente e que o movimento negro alerta para isso.

“Hoje existem muitas palavras que a gente tem tentado muito, sempre que a gente pode, comunicar de maneira bem tranquila: essa palavra é racista. “Por exemplo, denegrir é uma palavra que o movimento negro e as pessoas que têm letramento racial não usam, de forma nenhuma”, disse a ministra, completando: “A gente escuta muito: ‘saímos desse buraco negro’.

Ciro Gomes gravou um vídeo exibindo um trecho da fala de Anielle. Em seguida, o político cearense comentou: “Pois eu vi uma ministra de Estado dizendo que expressão é racista, irmão nós estamos é ferrados e apartados em banda”.

Ciro tentou justificar o uso da expressão a partir da definição que a física dá ao fenômeno: “Cidadã, o buraco é negro porque a gravidade é tão grande que drena tudo que esta ao redor, inclusive a luz. O que não tem luz é escuro, e o que é escuro é negro. In English é black hole”.

O ex-candidato à presidência aproveitou para lembrar o caso em que Anielle viajou para São Paulo com assessores para assistir jogo de futebol. “Tenha tenência!. Já não basta a esculhambação de pegar avião da FAB para ir assistir um jogo”, disse Ciro.

De acordo com a ministra, em vídeo divulgado nas redes sociais, ela foi ao estádio para assinar uma ação do governo federal que tem por objetivo combater o racismo no esporte. O uso do avião da FAB gerou críticas nas redes sociais de parlamentares da oposição./AE

(Foto reprodução)

Compartilhar Notícia