Cidade no Ceará tem emergência reconhecida pelo Governo Federal devido à seca

2 Min. de Leitura

O Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR), por meio da Defesa Civil Nacional, reconheceu, nesta sexta-feira (19/1), a emergência na cidade de Jaguaretama, a 240 km de Fortaleza, devido à seca.

Com a medida, o município cearense está apto a solicitar recursos do Ministério para atendimento à população afetada. Além do Ceará, estão na lista municípios de Minas Gerais, Bahia, Pará, Paraíba, Rio Grande do Sul, Goiás e Rio Grande do Norte.

Conforme o MIRD, as ações envolvem socorro, assistência às vítimas, restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de infraestrutura destruída ou danificada. A solicitação deve ser feita por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD).

Dados coletados pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) apontaram para um índice de chuvas abaixo do esperado para o ano passado em Jaguaribara. Segundo a Funceme o esperado para o ano todo é 723,8 milímetros e choveu 701,8 milímetros. Um desvio negativo de 3%.

O açude Castanhão, maior reservatório de água do Ceará, localizado no Vale do Jaguaribe, está com 23% de sua capacidade.

Como solicitar recursos federais para ações de defesa civil

Cidades em emergência ou estado de calamidade pública reconhecido pela Defesa Civil Nacional estão aptas a solicitar recursos do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional para atendimento à população afetada.

As ações envolvem socorro, assistência às vítimas, restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de infraestrutura destruída ou danificada. A solicitação deve ser feita por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD).

Com base nas informações enviadas, a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com a valor ser liberado./g1

(Foto reprodução)

Compartilhar Notícia