/Chamou atenção a reação de Moro no caso de candidaturas laranjas do PSL mineiro

Chamou atenção a reação de Moro no caso de candidaturas laranjas do PSL mineiro

O que mais chamou a atenção de membros do Judiciário foi a reação do ministro da Justiça, Sérgio Moro, no caso do laranjal do PSL mineiro. O ex-juiz escreveu em sua redes sociais: “nem a PF e nem o Ministério Público, que atuam com independência, viram algo contra o presidente nesse inquérito”. Ocorre que o caso está sob sigilo e o ministro não deveria ter informações privilegiadas.

A notícia surpreendeu membros do Judiciário e do Ministério Público. Ministros de cortes superiores acreditam que o ex-juiz definitivamente assumiu a bandeira política e cruza a linha para parcialidade.

Políticos de centro e centro-direita dizem que é cedo para atribuir responsabilidade pessoal a Bolsonaro sobre irregularidades ocorridas no PSL mineiro.

 

Comente com Facebook