/Ceni elogia Fortaleza no Clássico-Rei e ameniza situação contra Floresta:

Ceni elogia Fortaleza no Clássico-Rei e ameniza situação contra Floresta:

No Clássico-Rei Centenário, o Fortaleza empatou com o Ceará sem gols. A atuação rendeu bastante elogios do técnico Rogério. Ceni acredita que o jogo do último domingo (10/03), na Arena Castelão, foi um dos melhores de todos os estaduais do País. Ele destacou o número de chances criadas pelo Leão.

– Acho que tem o agravante que temos jogadores que estão fazendo o segundo jogo, no caso do Osvaldo, no caso do Dodô, que entrou em poucos jogos. Tanto que diminuímos o ritmo. O Paulo vinha de uma desidratação. Mas acho que foi um ótimo jogo, um dos melhores que vi em termos de estaduais, em termos de oportunidades de gols. Tivemos cinco ou seis na frente do goleiro. Foram sete finalizações boas a gol. Dessas, acho que duas do Edinho, e três do Júnior Santos.

No domingo (17), às 18 horas, Ceará e Fortaleza se enfrentam novamente, pela sexta rodada da Copa do Nordeste, na Arena Castelão.

 O Ceará é muito bom. É um time bem entrosado. Sabe tocar bem a bola. Em matérias de chances, nó tivemos as melhores oportunidades. Não merecíamos o 0 a 0. Podia ser até empate, mas com gols. O torcedor merecia.

– Depois que o Quintero sentiu a cãibra, com um jogador a menos, tive de recuar um volante. Eu tinha quatro atacantes, não tinha como recompor da maneira correta. Até os 30 do segundo tempo, a gente esteve bem. Depois o Ceará cresceu. Mas a última bola boa foi nossa. Não posso cobrar nada mais do meu time além dessa entrega. Só a finalização. Estamos criando.

– A chuva não deixou a gente jogar. Até a forma de jogar foi explicada no computador. Até que eles entenderam bem o que era para ser feito.

– Precisamos de um jogador (10). Na meia, o Dodô acabou de chegar. Tivemos de mudar o estilo de jogo. Até o Ederson não estava. O Wellington Paulista fez um treino com a gente. Dentro do que nos propusemos, tivemos uma boa oportunidade de gols.

– Eu acho difícil ter um jogo tão bom que nem esse. Se tivermos oportunidade de jogar o Clássico-Rei, com tantos gritos de gol que ficaram entalados, será bacana. É um jogo que todos esperam. Dependemos de uma vitória, mas dependemos só da gente para a nossa classificação. Ao menos fechamos a rodada dependendo só da gente, isso é importante.

– Conheci hoje pessoalmente o Lisca. Gosto do jeitão dele, de falar o que pensa. Cada um tem o seu estilo. Talvez, se eu falasse coisas que ele fala, os caras me matavam. Tem de dar os méritos a ele por ter tirado o time do rebaixamento em 2018. Foi bom o jogo para ver o nosso nível contra uma equipe de Série A./ge

Comente com Facebook