/Ceará vence a primeira depois de cinco jogos na Copa do Nordeste

Ceará vence a primeira depois de cinco jogos na Copa do Nordeste

A forte chuva que caiu em Teresina, no estádio Lindolfo Monteiro, embalou a primeira vitória do Ceará na Copa do Nordeste. Com hat-trick de Rafael Sobis, o atacante desencantou e comandou a goleada por 4 a 0 sobre o River-PI, dentro da casa do adversário, na noite desta terça-feira. O gramado ruim impediu um futebol técnico para as duas equipes. O Vozão foi mais inteligente e contou com um rival pouco agressivo para construir o placar. Vinícius fechou a conta do passeio no Piauí. Depois de cinco jogos, o Ceará venceu a primeira no Nordestão.

O Ceará entra de forma provisória no G-4 do Grupo B. Soma oito pontos e fica em quarto lugar. O Vozão aguarda todo o desfecho da sexta rodada para saber se fica ou não na zona de classificação às quartas de final. O River-PI é sétimo colocado, com cinco derrotas seguidas. Com apenas quatro pontos, o Tricolor está por um triz da eliminação.

O Ceará recebe o Sport, na Arena Castelão, no sábado, dia 14 de março, às 16h. No mesmo dia e horário, o River-PI vai ao Barradão, enfrenta o Vitória. Depois disso, a fase de grupos da Copa do Nordeste tem mais uma rodada: CRB x Ceará e River-PI x Santa Cruz. Lembrando que os times do Grupo A enfrentam os times do Grupo B. De oito equipes em cada chave, quatro avançam.

Difícil uma avaliação de futebol nas condições oferecidas pelo gramado do Lindolfo Monteiro. A forte chuva em Teresina deixou o campo com muitas poças de água, e a bola praticamente não rolou, especialmente no primeiro tempo, quando o temporal foi mais forte. Com tática e técnica de lado, o jeito foi na bola parada e nos cruzamentos. Nesse ponto, o time de Enderson Moreira foi mais esperto, entendendo melhor o ambiente da partida. Em cinco minutos, já na parte final, abriu 2 a 0 com dois de Sobis. Com força física melhor dentro de um pesado gramado, o Ceará não teve dificuldade de ampliar no segundo tempo – Sobis e Vinícius marcaram de cabeça. Com abalo emocional e frágil, o River-PI não teve chances de reagir. Romário foi o que mais lutou, mas parou três vezes em Prass./ ge

Comente com Facebook