Ceará realiza mais um “Dia D” de vacinação neste sábado (25); estado inicia campanha contra poliomielite

5 Min. de Leitura

Neste sábado (25/5), ocorre mais um dia D de vacinação em todo o estado. A data vai marcar a antecipação do início da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite. Realizada pelo Ministério da Saúde, ela irá começar em todo o Brasil na próxima segunda-feira (27/5) e segue até 14 de junho.

A titular da Coordenadoria de Imunização (Coimu) da Secretaria da Saúde do Ceará, Ana Karine Borges, explica qual o público-alvo. “No dia D, estaremos com a vacina oral e injetável contra a paralisia infantil disponível para as crianças menores de 5 anos. É importante que os responsáveis levem as crianças mesmo que acreditem estar com o esquema vacinal completo, porque os profissionais de saúde irão fazer uma checagem para dar o reforço da vacina, caso seja necessário e também conferir se as vacinas estão em dia”, diz.

A intenção é alcançar a meta de 95% de cobertura vacinal. “Queremos alcançar essa meta em todo território cearense o quanto antes por meio das diversas estratégias de vacinação que estão sendo programadas pelos municípios. Esse movimento pela vacinação vem acontecendo desde 2023 e os excelentes resultados apontam para a efetividade das ações. Tanto é que conseguimos atingir o primeiro lugar na cobertura vacinal do Brasil contra a poliomielite”, destaca.

Segundo a gestora, entre os objetivos do dia D estão, além de iniciar a campanha da pólio, “aproveitar os últimos dias da campanha nacional de vacinação contra influenza, reforçar o esquema vacinal contra a covid-19 com vacina atualizada, XBB, além de atualizar o esquema de vacinação da população em geral, conforme calendário nacional”.

Também chamada de paralisia infantil ou pólio, a poliomielite é uma doença contagiosa aguda irreversível causada pelo poliovírus selvagem (PVS). Nos casos graves, em que acontecem as paralisias musculares, os membros inferiores são os mais atingidos.

Mobilização é recomendada em todo o estado

No Dia D, o Governo do Ceará irá abrir o Vapt Vupt do Papicu, das 10h às 16h. A iniciativa é uma parceria entre as secretarias da Saúde (Sesa) e da Proteção Social (SPS). Nos municípios, a programação depende de cada secretaria de saúde. “A programação das atividades de vacinação poderá ser específica em cada região, considerando as particularidades do território. Diante disso, é fundamental o conhecimento do cronograma dos municípios e salas de vacinas”, explica.

Ana Karine Borges reforça ainda que todos os imunobiológicos do Programa Nacional de Imunização (PNI) são seguros. “As primeiras 200 mil doses de vacinas contra poliomielite foram distribuídas, e todas as vacinas ofertadas pelo SUS passam pelo controle da Anvisa e apresentam um perfil bom de segurança, sendo bem toleradas”, finaliza.

Vacinas contra gripe e covid-19 também estarão disponíveis

O dia D também vai contemplar a aplicação de outras vacinas, como a da gripe. A campanha que teve início no Ceará no dia 11 de março obteve 1.349.713 doses aplicadas, o que corresponde a uma cobertura vacinal de 38,19%, segundo dados do LocalizaSUS.

Ana Karine Borges explica que esse percentual é abaixo do esperado, sobretudo por se tratar de uma vacina fundamental para os grupos de risco. “O Ceará apresenta uma cobertura acima da média do País. No entanto, o percentual ainda é muito abaixo do esperado, sobretudo dos grupos prioritários”, destaca.

Para aumentar esses números, é importante que as pessoas procurem os postos de saúde dos municípios para tomar a dose de imunizante contra a influenza. Desde o dia 29 de abril, o imunobiológico está disponível para todos os públicos no estado.

Ana Karine pontua ainda que a ideia é estimular, também, a participação de uma parcela do público que precisa de mais atenção. “Queremos otimizar as estratégias de vacinação, aproveitando para atualizar a situação vacinal da população”, pontua.

Ela reforça a importância do dia D. “Historicamente, essa mobilização para vacinação, tem representado uma grande repercussão no processo de adesão à vacina. Com isto, considerando a efetividade dessa estratégia, a Secretaria da Saúde do Estado do Ceará planeja um dia D de vacinação a cada mês, durante todo o ano de 2024”.

Compartilhar Notícia